Hirudoid - Informações sobre o Remédio

Fabricante: Daiichi-Sankyo

Princípio ativo: Atenolol e Atenolol

Classe Terapêutica: Terapia Antivaricosa Tópica

Requer Receita: Não

Tipo de Receita: Isento de Prescrição Médica

Categoria: Anti-Inflamatórios e

Especialidade: Dermatologia e Dermatologia

PDF: Bula do remédio Hirudoid em PDF

Bula do Medicamento Hirudoid

Hirudoid, para o que é indicado e para o que serve?

Hirudoid® está indicado para processos inflamatórios localizados como:

{ "tag": "UL", "list": [ "Manchas roxas (hematomas) que aparecem após traumas ou contusões, ou após cirurgias;", "Inflamação nas veias superficiais (flebites ou tromboflebites), após injeção de medicamentos numa veia ou punção de uma veia para colher exames de sangue." ] }

Também está indicado para auxiliar o tratamento nos seguintes casos:

{ "tag": "UL", "list": [ "Varizes nas coxas e pernas, sem feridas abertas;", "Em casos de inflamação dos vasos linfáticos ou linfonodos (linfangites ou linfadenites) que ocorre, por exemplo, na erisipela;", "Em furúnculos;", "Nas mamas (mastite)." ] }
Quais as contraindicações do Hirudoid?
Você não deve usar Hirudoid® se for alérgico ou sensível a qualquer um dos componentes da fórmula.
Como o Hirudoid funciona?
Hirudoid® diminui a inflamação, com o alívio da dor, redução do inchaço e da vermelhidão de áreas com varizes ou manchas roxas decorrentes de contusões (batidas, traumas) ou cirurgias ou em outras situações semelhantes. Hirudoid® também alivia a sensação de peso nas pernas causada pelo inchaço. A melhora dos sintomas pode ser observada, geralmente, a partir de dois dias de uso do produto.
Como usar o Hirudoid?
Hirudoid® é um medicamento de uso tópico/uso externo.
Aplicar uma camada de Hirudoid® sobre a região afetada, espalhando suavemente três a quatro vezes ao dia ou mais, de acordo com a necessidade e indicação médica.
No caso de úlceras ou inflamações extremamente dolorosas, especialmente nas pernas e coxas, compressas com gaze podem ser utilizadas.
Para a prevenção de flebites ou tromboflebites nas veias superficiais que podem se desenvolver após injeção de medicamentos numa veia ou em exames de sangue recomenda-se aplicar Hirudoid® imediatamente após a injeção ou coleta de sangue.
Hirudoid® deverá ser aplicado até o desaparecimento dos sintomas.
Geralmente a duração do tratamento em casos de lesões é de dez dias e, no caso de inflamação das veias, de uma a duas semanas. É esperado que ocorra melhora dos sintomas após catorze dias de tratamento contínuo e que os sintomas não voltem após o término do tratamento.
Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico.
Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.
Quais cuidados devo ter ao usar o Hirudoid?
Não se recomenda o uso de Hirudoid® nos olhos e nas mucosas (por ex. dentro da boca, nariz, ânus etc.).
Não é recomendado o uso do produto durante a gravidez e no período de amamentação.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
Hirudoid® pode ser usado em crianças e idosos, desde que observadas as precauções comuns ao medicamento.
Exclusivo Gel: Hirudoid® não deve ser usado em feridas abertas, pois contém álcool.
Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Hirudoid?
A aplicação de Hirudoid® poderá causar reações alérgicas como vermelhidão na pele.
Alguns casos isolados de dermatite por contato foram relatados com o uso de Hirudoid®. Esses sintomas desaparecem com a interrupção do uso do medicamento.
Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.
Qual a composição do Hirudoid?

Cada grama de gel Hirudoid® 300 contém: 

Polissulfato de mucopolissacarídeoPolissulfato de mucopolissacarídeoPolissulfato de mucopolissacarídeo3 mg3 mg3 mg
Ingredientes não ativos q.s.pIngredientes não ativos q.s.pIngredientes não ativos q.s.p1 g1 g1 g
Excipientes: propilenoglicol, carbômer, perfume, álcool etílico, hidróxido de sódio, água purificada.

Cada grama de gel Hirudoid® 500 contém:

Polissulfato de mucopolissacarídeoPolissulfato de mucopolissacarídeoPolissulfato de mucopolissacarídeo5 mg5 mg5 mg
Ingredientes não ativos q.s.pIngredientes não ativos q.s.pIngredientes não ativos q.s.p1 g1 g1 g
Excipientes: propilenoglicol, carbômer 934, trolamina, monoetiléter de dietilenoglicol,

Cada grama de gel Hirudoid® 5mg/g contém:

Polissulfato de mucopolissacarídeoPolissulfato de mucopolissacarídeoPolissulfato de mucopolissacarídeo5 mg5 mg5 mg
Ingredientes não ativos q.s.pIngredientes não ativos q.s.pIngredientes não ativos q.s.p1 g1 g1 g
Excipientes: propilenoglicol, carbômer 934, trolamina, monoetiléter de dietilenoglicol, óleo de rícino polioxilado hidrogenado, álcool etílico, perfume, água purificada.

Cada grama de Pomada Hirudoid® 300 contém:

Polissulfato de mucopolissacarídeoPolissulfato de mucopolissacarídeoPolissulfato de mucopolissacarídeo3 mg3 mg3 mg
Ingredientes não ativos q.s.pIngredientes não ativos q.s.pIngredientes não ativos q.s.p1 g1 g1 g
Excipientes: ácido esteárico, álcool miristílico, álcool cetoestearílico, base oleosa, glicerol, hidróxido de potássio, timol, álcool isopropílico, metilparabeno, propilparabeno, água purificada.

Cada grama de Pomada Hirudoid® 500 contém:

Polissulfato de mucopolissacarídeoPolissulfato de mucopolissacarídeoPolissulfato de mucopolissacarídeo5 mg5 mg5 mg
Ingredientes não ativos q.s.pIngredientes não ativos q.s.pIngredientes não ativos q.s.p1 g1 g1 g
Excipientes: monoestearato de glicerila autoemulsionável, álcool miristílico, triglicerídeos de ácidos caprílico/cáprico, miristato de isopropila, silicato de alumínio e magnésio, imidazolidiniluréia, fenoxietanol, perfume, álcool etílico, água purificada.
Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Hirudoid maior do que a recomendada?
Não existem casos de superdose descritos. O produto é bem tolerado. Se a aplicação na pele causar desconforto, recomenda-se lavar o local.
Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.
Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Hirudoid com outros remédios?
Até o momento não foram relatadas interações entre Hirudoid® e outras substâncias.
Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.
Qual a ação da substância do Hirudoid (Polissulfato de Mucopolissacarídeo)?

Resultados de Eficácia

Em um estudo duplo-cego, comparativo com placebo, dez pacientes foram avaliados quanto à absorção de hematomas subcutâneos induzidos. A regressão dos hematomas foi significativamente mais rápida com o tratamento com Polissulfato de Mucopolissacarídeo (MPS). O tempo médio para a redução em 50% dos hematomas foi de, aproximadamente, quatro dias no grupo placebo, e pouco mais de dois dias, no grupo tratado com MPS.
Foi realizado um estudo duplo-cego, comparativo com placebo, com 100 pacientes para avaliar a eficácia de MPS no tratamento de tromboflebites pós-venóclise. Os sinais locais e os sintomas melhoraram após 58 horas no grupo que usou o produto, e, aproximadamente, 126 horas no grupo placebo. A regressão do trombo foi quantificada por fibrinogênio marcado com
A prevenção e o tratamento de tromboflebites pós-venóclise também foram avaliadas em outro estudo. No grupo 1 (n=44) o MPS foi aplicado algumas horas após o primeiro sinal inflamatório ou na remoção do cateter, enquanto que no grupo 2 (n=44) a aplicação foi no momento da punção venosa. O aparecimento da tromboflebite ocorreu em 1,6 dias no grupo 1 e 3,18 dias no grupo 2.
Em relação à duração do tratamento, esta foi de 2,45 dias e 1,58 dias para os grupos 1 e 2, respectivamente. Verificou-se, então, que a aplicação profilática de MPS retarda o início da flebite, diminui a extensão da área atingida por essa inflamação e acelera sua regressão. Em outro estudo, 33 pacientes foram tratados com MPS por dez meses para avaliar a influência desse produto no tratamento de varizes. Observaram-se diminuições significativas do processo inflamatório das veias das pernas.
Também foram estudados 843 pacientes submetidos a cirurgias para varizes. Nos pacientes tratados com MPS observou-se a regressão dos hematomas após 2-3 semanas, enquanto que nos demais os hematomas regrediram após 6-8 semanas.

Características Farmacológicas

Farmacodinâmica

O Polissulfato de Mucopolissacarídeo é esterificado semissinteticamente para o Polissulfato de Mucopolissacarídeo e padronizada. A substância ativa é um polímero constituído por componentes dissacarídeos, cada um dos quais contendo ácido urônico e hexosamina.
A ação anti-inflamatória é mediada pela inibição do complemento, leucotrieno B4 e prostaglandina E2 (PGE2) e também das enzimas proteolíticas lisossomais dos leucócitos polimorfonucleares do tecido acometido. Há a inibição de enzimas catabólicas: elastase, catepsina B1, glucuronidase, galactosidase e Nacetilglucosaminidase e da hialuronidase.
O MPS intervém no processo de degradação do tecido, melhora a absorção de hematomas, infiltrados e edemas.
O MPS também é responsável pela estimulação do metabolismo de células de tecidos vizinhos, aumentando a síntese de proteoglicanos, hialuronato e colágeno, apresenta a função de proteção do tecido e é responsável pelas propriedades antidegenerativas.
Sugere-se que o MPS provoca a liberação do fator inibidor de tecido (TFPI) pelo endotélio microvascular local, particularmente em tecidos ativados de maneira extrínseca. Adicionalmente, as moléculas de adesão são inibidas.
O MPS é anticoagulante por inibir a trombina e a ativação do fator Xa e é antitrombótico por liberar o fator ativador de plasminogênio tecido-específico, por inibir a formação do trombo e aumentar a perfusão dos vasos pela sua ação antiplaquetária. Ele também apresenta propriedades trombolíticas por aumentar o fator ativador de uroquinase–plasminogênio. Esses efeitos aceleram a eliminação dos depósitos de fibrina do local da inflamação. O aumento da velocidade do fluxo sanguíneo nas vênulas após a aplicação tópica foi demonstrado. Entretanto, nenhuma ação sistemática nas plaquetas, no TTPA (tempo de tromboplastina parcial ativada), nem no TT (tempo de trombina) foi observada após aplicação tópica.

Farmacocinética

Após aplicação cutânea, o MPS é absorvido principalmente pela epiderme, derme e tecido subcutâneo, atingindo a corrente sanguínea em pequena quantidade. A excreção dá-se pela urina e pelas fezes como parte não modificada e em parte despolimerizada, formando moléculas de cadeias menores.
O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Hirudoid?
Se você se esquecer de aplicar o produto, aplique-o assim que se lembrar, não ultrapassando o número de aplicações diárias estabelecido para o produto, ou conforme orientação médica. 
Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.
Como devo armazenar o Hirudoid?
Hirudoid® deve ser mantido em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC).
Após o uso, mantenha a bisnaga bem fechada para evitar contaminação do produto.
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Hirudoid® Gel 300

Gel incolor a levemente amarelado, com perfume semelhante ao de tangerina.

Hirudoid® Gel 500

Gel incolor a amarelado, com perfume de lavanda.

Hirudoid® Gel 5mg/g

Gel incolor a amarelado, com perfume de lavanda.

Hirudoid® Pomada 300

Pomafa branca e brilhante, sem perfume.

Hirudoid® Pomada 500

Pomafa branca a amarelada, com perfume de lavanda.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
Apresentações do Hirudoid

Hirudoid® 300 Gel

É apresentado em cartuchos contendo bisnagas com 40 g de gel.
Uso tópico. Uso externo.
Uso adulto e pediátrico.

Hirudoid® 500 Gel

É apresentado em cartuchos contendo bisnagas com 20 g ou 40 g de gel.
Uso tópico. Uso externo.
Uso adulto e pediátrico.

Hirudoid® 5 mg/g Gel

É apresentado em cartuchos contendo bisnagas com 90 g de gel.
Uso dermatológico. Uso externo.
Uso adulto e pediátrico.

Hirudoid® Pomada

É apresentado em cartuchos contendo bisnagas com 40 g de pomada.
Uso tópico. Uso externo.
Uso adulto e pediátrico.
Dizeres Legais do Hirudoid
M.S.: 1.0454.0013
Farm. Resp.:
Dr. Pedro de Freitas Fiorante
CRF-SP 76.376
Registrado e fabricado por:
Daiichi Sankyo Brasil Farmacêutica Ltda.
Alameda Xingu, 766 - Alphaville
Barueri – SP
CNPJ 60.874.187/0001-84
Indústria Brasileira
SAC
08000-556596
Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.